4 formas de controlar a ansiedade em momentos de crise

02 junho

 Olá! Como estão as coisas por aí? Por aqui tudo bem. Reparei que nas últimas semanas estive muito ansiosa (por motivo nenhum), e isso estava me impedindo de realizar projetos e fazer as coisas acontecerem, além de me desmotivar demais. Pensando nisso, trouxe algumas formas, que funcionam muito bem para mim, para controlar ou aprender a lidar com nossa ansiedade. 

Antes de tudo, gostaria de falar que esse post é baseado em experiências pessoais e dicas de profissionais que eu já li e recebi, porém, vale lembrar que sempre é bom procurar ajuda de um bom profissional, não sou médica, ok?

Vamos lá!

formas de controlar a ansiedade

Focar na sua respiração e no momento:

A ansiedade faz a gente sofrer o tempo todo por motivos que estão fora do nosso alcance, ou às vezes, nem sabemos o porquê, mas nos desconectamos de nós mesmos e do que está ao nosso redor. Por isso, focar na sua respiração e no que você está fazendo no momento é tão importante, para te dar consciência sobre o que você está fazendo e focar na sua própria respiração, a fim de recuperar a conexão com nosso corpo e mente. Mindfulness é uma excelente ferramenta para controlar a ansiedade e viver uma vida mais intencional. 

Você pode gostar: Como viver uma vida Slow Living

Movimente seu corpo:

E não importa como você vai fazer isso, você só precisa sentir seu corpo vivo. Talvez uma caminhada pelas ruas onde você mora, dançar suas músicas favoritas, correr, qualquer coisa! Além dos benefícios que o exercício físico proporciona para relaxar o nosso corpo, ele nos obriga a nos concentrarmos naquele momento, o que se conecta com a primeira dica. 

Fique confortável e faça o que te deixa feliz:

Coloque roupas confortáveis, arrume o cabelo, hidrate a pele e sente-se para ler um bom livro ou talvez assistir a algo, só não recomendo ficar vagando pelas redes sociais, pois ela pode piorar tudo. A pergunta aqui é: o que te deixa feliz? Estou falando das pequenas coisas, daquilo que faz nossos dias valerem a pena. Fazer um café, tomar um cházinho quente, fazer um bolo, fazer as unhas, ouvir um podcast. Fiz uma lista de 30 pequenas coisas que você pode fazer no mês de junho, dê uma olhada aqui!

Escreva:

Quando a ansiedade está muito presente no nosso dia, temos a necessidade de expressar esses sentimentos para tentar melhorar. Muitas pessoas querem alguém para conversar e ouvir tudo o que estamos sentindo, porém, nem sempre pode ser a melhor opção. As pessoas podem ter outros afazeres e não terem tempo para nós, ou simplesmente não nos entender, e está tudo bem! Eles não têm essa obrigação. Talvez, a antes de conversar com alguém, seja melhor escrever o que você está sentindo, para você tentar entender o que está acontecendo e o porquê. 

E, talvez, depois você possa conversar com alguém, sem esperar que ela te entenda completamente ou ajude de alguma forma, porque nem sempre sabemos como ajudar as pessoas, não é? Não é culpa de ninguém. Escreva no papel ou digitalmente, não importa. Lembre-se de ser sincera sobre o que você esta sentindo, e seja sincera se precisar refletir sobre seus comportamentos também, sem autojulgamento, apenas uma reflexão crítica. 

 Essa foram algumas dicas bem pessoais que eu espero que possam ser úteis para vocês também. Obrigada por ter lido até aqui. 

Com carinho, Clara.

You Might Also Like

16 comentários

  1. Oi Clara,
    Achei ótimas as suas dicas, pois por experiência própria, posso dizer que funcionam, haha. Há oito anos fui diagnosticada com TAG (transtorno de ansiedade generalizada), ou seja, faço tratamento há muito tempo, mas a gente também vai aprendendo a lidar com o excesso de ansiedade conforme vamos tendo experiências.
    Sobre controlar a respiração, é bem normal a gente ter falta de ar por que na verdade está hiperventilando, então eu tenho dois métodos, um é prestar atenção na respiração e se concentrar nela, e o outro é se movimentar, esquecer que eu respiro e deixar que meu corpo faça isso involuntariamente, o que acaba fazendo minha respiração voltar à intensidade normal, assim como os batimentos cardíacos, pois eu tenho taquicardia junto com as crises de ansiedade. Ahhh e eu também escrevo ou desenho quando me sinto ansiosa.
    Enfim, estou seguindo o blog para não perder seus próximos posts.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem vinda, Leslie! Obrigada por compartilhar suas experiências e vou experimentar deixar meu corpo voltar a respiração normalmente, acho que pode me ajudar muito! Fico feliz que tenha se sentido confortável por aqui ;) volte sempre!
      Abraços.

      Excluir
  2. Oi, Carol. Primeiramente muito obrigada pelo feliz aniversário que deixou pra mim! ♥♥ A minha ansiedade já foi um monstro difícil de controlar. Aos poucos, com muita força, a gente vai aprendendo a contorná-la um pouquinho e melhorar os sintomas horríveis dela. Achei uma gracinha a lista de pequenas coisas para se fazer, vou usá-la e adaptá-la ♥ Esses quatro tópicos que você citou são realmente muito importantes para nos distrair e amenizar aquele sentimento de ansiedade que consome a gente. Essa postagem é muito importante. Como você disse, é sempre importante procurar ajuda profissional, mas esses métodos costumam ajudar bastante nos momentos de crise. Um beijo e um ótimo final de semana pra você! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Seja bem vinda! fico feliz que esse post seja útil para você e que você vai adaptá-lo, e, claro, ajuda profissional é muito importante. A gente entender como nosso corpo funciona a partir de experiências próprias é sem dúvidas um processo muito gostoso de autoconhecimento. Beijos!

      Excluir
  3. Oi Clara,
    Uma coisa que vem me ajudado e muito é desligar a TV e deixar o celular no modo avião. Fico focada nos meus livros e ouço meu Spotify no repeat mesmo, crio minha própria bolha para conseguir lidar com a realidade. Principalmente nessa pandemia, isso tem me ajudado bastante!!!!
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, seja bem vinda! Não te julgo porque amo criar minha própria bolha hahahah eu gosto muito de ficar sozinha e refletir em momentos que eu não estou entendendo o que está acontecendo com meu corpo. Adorei suas dicas!
      Abraços!

      Excluir
  4. Oi, Clara, ótimo momento para falar sobre isso. Para mim o que mais funciona é atividade física, depois escrever. Gosto de caminhadas e blogar, mas com a pandemia troquei as caminhadas por uma bicicleta ergométrica mesmo.
    Abraço, Leitora Viciada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, seja bem vinda! Esse momento tem sido muito complicado para todos nós, mas fico feliz que você tenha achado uma forma de se manter inspirada nesse momento. Obrigada por compartilhar ;)
      Abraços!

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Olá...
    Quando estou ansiosa não consigo fazer nada, nem ler que é o meu hobbie preferido eu não consigo. Já tive crise de ansiedade e é a pior sensação do mundo!
    Comigo, o que mais funciona é exercícios de respiração, eles funcionam mesmo. Depois que comecei a fazer caminhada, as coisas melhoraram também.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, seja bem vinda! Exercícios de respiração também me ajudam muito, não só em crises, mas para ficar mais calma todos os dias. Obrigada por compartilhar!
      Abraços.

      Excluir
  7. Eu também adoro escrever pra diminuir a ansiedade. Na verdade eu escrevo todos os dias como prevenção mesmo rs Prefiro escrever no papel, porque já me ajuda a sair um pouco das telas azuis. Mas quando não dá, eu escrevo num doc do drive mesmo.

    Boa semana Clara ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escrever muda tudo!!! A sensação de colocar no papel nossos sentimentos nos mostra o que realmente estamos sentindo e o porquê. Fico feliz que a escrita seja presente na sua vida!
      Abraços!

      Excluir
  8. Eu já segui todas as dicas antes e realmente me ajudaram. Ansiedade é algo tão desgastante, mas graças a Deus a gente pode fazer algo para amenizar esses momentos.
    As dicas são ótimas, Clara.
    E eu amei a cara nova do blog! Ficou tão lindo, sério, uma graça ♡

    Abraços,
    Any.
    Poetiza-te

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Any! Deus que nos dá ajuda nesses momentos tão complicados... Fico feliz que tenha gostado da cara nova do blog, fiquei um pouco apreensiva de mudar, mas mudanças são sempre bem-vindas!
      Abraços.

      Excluir
  9. Una delle maggiori minacce per l'industria orologiera è la proliferazione di falsi e repliche. A dire il vero, in questi giorni si possono trovare falsi molto buoni e repliche. Tuttavia, i marchi di orologi stanno aumentando la sfida e stanno cercando modi per incorporare le tecnologie per rendere i loro orologi difficili o impossibili da copiare. Uno di questi marchi è Carl F. Bucherer e scopriremo le tecnologie che impiega replica rolex per rendere i suoi orologi più difficili da copiare. A proposito di falsi orologi, intervistiamo anche FakeWatchBuster, un vigilante su Instagram che interroga gli utenti e i loro falsi orologi. Altrove, diamo un'occhiata al DB29 Maxichrono Tourbillon di De Bethune, l'orologio GPS di Astron Solar di Seiko, e offriamo il nostro giudizio sugli apprezzati orologi "P series" di SevenFriday.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.